Do mês

Como sabem, a sede do Projecto Novas Descobertas está localizada na aldeia de Burgau, paredes meias com o concelho de Vila do Bispo e de Lagos.

A rubrica “Por cá” vem dar a conhecer a todos os visitantes do site, o que acontece aqui na região. Sendo assim, um dia podemos escrever sobre uma determinada pessoa, os eventos da região, particularidades, situações do dia a dia…

João Barros

O Projecto Novas Descobertas foi falar com uma jovem promessa do Burgau e arredores. Depois de uma exposição em Vila do Bispo, e de outras a caminho, conversámos com João Barros, um pequeno grande artista que dedica os seus tempos livres ao desenho, pinturas e…a ver o Sporting!!!

Como é que te sentiste ao ver trabalhos teus expostos? Como surgiu a oportunidade?
Senti-me bem. Foi a primeira vez que fiz uma exposição e gostei muito. Foi no dia 15 de Outubro e foi durante 2 semanas. A oportunidade surgiu porque a minha mãe uma vez foi ao Centro Cultural da Vila do Bispo e perguntou se eu podia fazer uma exposição. Nunca tinha mostrado os meus trabalhos em público, mas a minha mãe disse que eu devia mostrar os meus trabalhos a outras pessoas.

Como é que tudo começou?
Começou quando eu tinha 6-7 anos de idade no 1ºciclo. Pintávamos algumas vezes na escola coisas que nos apetecia ou que a professora dizia.

Que tipos de desenhos gostas de fazer?
Gosto de pintar o mar e paisagens. Também gosto de pintar desenhos abstractos.

BILHETE DE IDENTIDADE:

Nome:
João Miguel Barros
Idade:
10 anos | 18 de Abril
Profissão:
Estudante
Tempos Livres:
Desenhar, Pintar.
Clube:
Sporting.

E desenhas onde?Em papel…Não te assusta um papel em branco?
Costumo pintar em tela com vários tamanhos. A maior foi de 50×60cm, mas tenho duas por pintar maiores de 80×80. Um dia quero pintar 200×100. E não me assusta ter um tela grande em branco. Geralmente sei o que vou fazer, só no abstracto é que as coisas vão surgindo…e às vezes uso um material que parece massa e um pente que dá para fazer figuras.

Já experimentaste desenhar caras de pessoas?
Já desenhei pessoas mas o único retrato que fiz foi do meu avô Manel. Quando fiz, pendurei o retrato no frigorífico e as pessoas quando vão lá a casa dizem “aquele é o Manel, aquele é o Manel”.

E como é que fizeste o retrato do teu avô?
Ele estava lá em minha casa a ver televisão. Perguntei-lhe “Avô, esse programa vai ficar a dar?”. Ele disse que sim, então comecei a fazer-lhe um retrato. Demorei 5-10 minutos a fazer.

E se fizesses agora um retrato da minha cara, fazias?
Depende da minha inspiração mas agora não. Não me sinto inspirado.

O que gostas mais de fazer (nos trabalhos manuais)?
Gosto mais de pintar e desenhar. Já experimentei fazer coisas em plasticina. Pintar a óleo demora muito tempo a secar, mas o que prefiro mesmo é pintar a acrílico. Como eu pinto numa tela, não dá muito jeito fazer com canetas ou lápis de cera.

Sei que vais fazer mais exposições…
Sim. Vou agora fazer uma exposição no Centro Cultural da Vila do Bispo
no dia 23 de Janeiro (não sei quanto tempo vai lá ficar), com 3 desenhos. Eu vou levar um desenho abstracto, um retrato e uma paisagem. Esta exposição é com outros artistas do Algarve, todos muito mais velhos que eu. E depois quero fazer uma exposição no Verão em meu nome, mas quando tiver data aviso.

Costumas dar nome a cada trabalho que fazes?
Não, nunca dei. Só assino. Gosto de ser diferente.

Qual é a tua côr favorita?
Verde Fluorescente. Mas não consigo fazer. Mas também gosto da cor verde normal (não tem a haver com a cor do meu clube) e também de azul e roxo misturado.

E a cor que menos gostas?
Uhmmm, não tenho assim uma…o vermelho (e não tem a haver com o Benfica).

Qual querias que fosse a tua profissão no futuro?
Queria ser arquitecto. Vamos ver. Ahh, também gostava de desenhar cartoons com retratos de pessoas.

E já vistes pessoas na rua a fazerem retratos?
Sim. No Algarve Shopping vi um homem com uma placa de madeira com desenhos e dizia “cartoon a preto e branco e a cores” e ele vendia, e era muito caro…69€, fogo!!!, e ele pintava muito rápido e bem.

O que gostas de fazer nos tempos livres?
Jogar à bola, andar de bicicleta, jogar ao berlinde. Costumo jogar nas Hortas do Tabual na Raposeira. Em casa gosto também de jogos de cartas online, PokerStar, PokerEverest, Bilhar. Em casa também gosto de ver desenhos animados de manhã na TV.

Costumas vir aqui ao PND muitas vezes?
Sim algumas. Venho pelo menos sempre uma vez por semana. No verão cheguei a ir uma vez ao OTL.

O que costumas cá fazer?
Jogar jogos no computador (jogos online, em vários sites: Jogos10, brincar e miniclip, etc), estar com os amigos e no OTL cheguei a ir para a praia. Também costumo jogar Trial de motas e bicicletas.

Achas importante o PND?
Sim, acho. Acho que é importante para nós e para os amigos. Dá para nos encontrarmos todos e no Verão também temos actividades.

Com isto de exposições e mais pessoas te conhecerem, também conheceste mais raparigas. Muitas Namoradas?
Não…que jeito. Não conheci mais ninguém. Só se for para ensinar elas a desenhar.